Blog RegisCap1 pelo Brasil: Entrevista com Danilo Martire, vocalista da Banda Balls


Banda Balls

Hoje na serie, Blog RegisCap1 pelo Brasil, da coluna “Um Dia Com Música” de Beatriz Carlos, você vai conhecer Danilo Martire (segundo na foto da direita para esquerda), profissional de marketing e comunicação, produtor cultural e vocalista da Banda Balls. Em recente entrevista ele nos conta um pouco sobre sua carreira e relata as dificuldades encontradas pelos artistas locais.

Juntar e Espalhar…

A música sempre esteve presente na minha vida desde muito cedo, mas o curioso é que fui o primeiro na minha família a encarar isso de uma forma mais séria. Na época, ser músico ainda era sinal de marginalidade. Precisava ter uma “profissão” e a música, bem, não ia pagar as minhas contas (hoje em dia ainda não paga). Então comecei a levar o rock em paralelo enquanto me formava em administração, marketing, publicidade, e tive a chance de trabalhar como programador cultural durante muitos anos, o que me permitiu ter contato com diversos artistas e produtores de segmentos variados. Essa proximidade trouxe uma boa vivência em perceber o que é ser um artista, um músico ou alguém que vive exclusivamente de sua arte. Vejam, respeito muito quem conseguiu se estabelecer somente com isso. Porque em termos de valorização, é uma tarefa muito árdua fazer com que as pessoas “percebam” seu trabalho. Digo perceber, porque não necessariamente se precisa “gostar”, mas simplesmente ter o interesse em ouvir ou encarar algo que é novo. Hoje em dia, está tudo muito acelerado. As pessoas já não tem tempo para curtir um CD ou digerir uma letra ou poesia. Então acabam optando por aquilo que se sobressai na mídia, o que está na moda ou simplesmente passa por eles enquanto estão realizando outra atividade como tomar cerveja num barzinho com amigos.

Tem muita coisa boa sendo produzida em termos musicais por esse Brasil afora. Mas elas não chegam ao conhecimento do grande público nem mesmo dentro de sua própria cidade, do seu estado. O que tem acontecido e precisa acontecer mais ainda, é um movimento crescente tipo “vamos valorizar o que é nosso”. Nesse sentido, as mídias de massa precisam estar mais sensibilizadas e organizadas para abrir espaço para o que é local, em nível global.

Afora isso, o que acaba acontecendo é que existe um tipo de música que não vai além do estado em que nasceu, sobrevive em um mercado bastante segmentado. Em São Paulo, temos até artistas que vivem exclusivamente “em seus bairros” e são bastante conhecidos por lá. E isso está bom também, mas se falarmos em rock ou pop aí a coisa é diferente, porque esse tipo de música não está inserido em um contexto cultural e regional. Em cidades cosmopolitas como São Paulo, Rio, Belo Horizonte, entre outras,talvez seja muito difícil mesmo valorizar esse tipo de música, pois não há tradições sendo construídas aqui ou ali, tudo é renovado constantemente. Também tem o aspecto comercial da coisa, onde é mais vantajoso apostar sempre no que já está dando certo, como covers e tal. Se ganha em termos de mercado, mas se perde em cultura, né?…

Por isso aposto e apoio movimentos que incentivam a valorização do coletivo e do que é novo em termos de música. As pessoas deviam ter mais oportunidades e acesso para conhecer o que é produzido em sua própria cidade, sem o auxílio da grande mídia. O Estado e seus equipamentos culturais fazem isso, o Sesc, o Sesi também, mas como a procura é grande, estes espaços também não dão conta do recado. Deveria haver mais capilarização e distribuição em espaços cada vez mais alternativos e fora do circuito principal. As bandas, artistas, devem cada vez mais se organizar em coletivos e/ou cooperativas e começar a formar uma massa crítica, favorável ao que é novo. Assim os tradicionais bares e casas noturnas que sempre apostam em covers, pudessem abrir espaço para apresentar trabalhos novos e autorais. Está aí uma forma de divulgar a música com a cara da cidade e de aumentar e renovar este circuito que já está saturado.

Grande abraço!

Danilo Martire
twitter: @danilomartire
facebook: www.facebook.com/martire.danilo
site: www.balls.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s