Sada Cruzeiro derrota o Sesi-SP por 3 x 0 e é bicampeão da Superliga



Fotos: Renato Araújo – Divulgação Sada Cruzeiro

Da Assessoria do Sada Cruzeiro Vôlei

O Sada Cruzeiro conquistou na manhã desse domingo, 13/04, o bicampeonato da Superliga Masculina de Vôlei, ao bater o Sesi-SP por 3 a 0, na decisão disputada no Ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte. O time cruzeirense contou o apoio do ginásio lotado pela China Azul, com 14.300 pessoas que empurraram a equipe rumo ao segundo troféu do principal campeonato nacional. As parciais foram 21/19, 21/17, 21/18.

Diferente da edição 2010/11, quando o Sesi-SP venceu na decisão disputada também no Mineirinho, por 3 a 1, dessa vez os cruzeirenses mostraram supremacia em quadra e dominaram o adversário do início ao fim do jogo. Assim, a equipe campeã Mundial confirmou o favoritismo e garantiu o quinto título somente na temporada 2013/14, incluindo as conquistas do bicampeonato Sul-Americano, Mineiro, Copa Brasil e agora o bi da Superliga.

O capitão e levantador do time celeste, William, distribuiu muito bem as jogadas e foi eleito o melhor em quadra, ficando com o Troféu VivaVôlei. O oposto Wallace, maior pontuador da competição com 374 anotações, fez 10 na partida e, junto com o ponteiro Filipe, foi o maior marcador da decisão.


“O nosso time é humilde, respeita todo mundo e procura fazer o melhor sempre. É esse o segredo. Nosso time não é melhor nem pior do que nenhum outro, a gente trabalha sério buscando dar o nosso melhor e provamos que o nosso melhor é isto: jogar sempre pra cima, fazer um jogo inteligente e com espírito vencedor”, disse o capitão William.

Outro atleta que brilhou muito nessa decisão foi o ponteiro Filipe, impecável no ataque e que eletrizava ainda mais a torcida. “Eu estava muito centrado, sabia da importância do meu jogo. Hoje foi um os dos nossos jogos mais fantásticos, entramos muito focados e não podia ser diferente. Faltava isso pra gente, não conseguimos essa alegria há dois anos aqui no Mineirinho, mas hoje não sairíamos daqui sem essa festa maravilhosa”, destaca Filipe.

E o central Éder, que terminou a competição com o segundo melhor saque, mais uma vez foi responsável por desestabilizar a recepção adversária. “A gente sabe que o saque faz diferença em uma partida como essa. Acho que hoje foi o resultado do que trabalhamos. Eu, Wallace, e Leal conseguimos nos manter bem nas estatísticas o ano todo, nosso time todo saca muito bem. E hoje consegui fazer a diferença no final do primeiro e segundo set, o que ajudou nosso time a chegar a mais uma vitória”, disse o central.

Com o bicampeonato nacional, o clube mineiro também ampliou neste domingo uma impressionante marca. Já são 15 finais consecutivas e 12 títulos conquistados desde 2010.

Fonte: SITE OFICIAL DO CRUZEIRO

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s